escrevemos o que nos pedir

Biografias, homenagens, livros, mini- histórias de amor, poemas, contos infantis exclusivos e personalizados, contos para adultos, tudo o que sonhar. Também fazemos revisão de textos e trabalhos.

Conheça os serviços que temos para si.

reportagens

Antena 1

RTP1

Terras do Homem

Diário do Minho






arquivos

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

pesquisar
 
subscrever feeds





advertência

O conteúdo deste blogue não pode ser reproduzido, total ou parcialmente, nem as ideias nele contidas, conforme explícito na lei, incorrendo o prevaricador num ilícito penal grave.

04/05/2012
Blog para livro

 

 

Este já foi entregue nos Açores. Temos uma cliente muito especial à espera do dela, num País longínquo.



publicado por projectcyrano às 15:24
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

12/04/2012
Livros

"Uma borboleta branca passou perto da sua face, ondulante, alheia à proximidade da asa com a pele. Foi poisar desinteressadamente em cima de um ramo de lilás e ali ficou, em bicos, uma pata minúscula no ar, outra a balouçar suave, pronta para o outro voo, assim que o vento lhe tocasse como um toque de seda, não a obrigá-la a despedir-se da flor, mas a convidá-la a planar no vento. Do canto do olho, Mário viu milhares de folhas minúsculas, batidas pela luz da tarde, que tremelicavam como vozes de senhora em animada conversa.

Conseguiu ouvi-las, por momentos esquecido do seu coração doente, da velhice que sentia chegar precoce, do desinteresse pelas coisas da vida que o forçava a ficar na cama, todas as manhãs, durante horas, a olhar as imperfeições da tinta no tecto, sem forças para se levantar.

Os cabelos sentiam a proximidade da almofada, as vozes das pessoas na rua ecoavam ao longe como sussurros de um rádio que alguém se esqueceu de desligar. Não queria mexer-se. Talvez estivesse ainda a dormir, apagado. Um imperceptível movimento do seu corpo podia traí-lo e trazê-lo de volta à realidade. Depois teria de a enfrentar. Olharia as molduras de fotografias do seu quarto despido de calor e choraria durante horas, agarrado ao ventre, a barba por fazer, as dores nos músculos, a roupa desalinhada pelo quarto. Se pudesse dormia vestido, adormecido a ferros por sedativos miraculosos. Obrigava-se a cumprir a higiene básica, como um autómato, só para não perder o fio que o ligava à sociedade e à vida.

Espetou um garfo num pedaço de bolo que lhe soube a verniz. Tudo lhe sabia a verniz. Até os odores da vida, usualmente pacificadores, as flores da vizinha, o parque que se estendia defronte à sua casa, as chaminés matutinas a largar vapores de pão quente e café, tinham-se transformado num cheiro indistinto a coisa alguma, de vez em quando acre, como se, agora, tudo lhe cheirasse ao pior da Terra".

 

Excerto de "A Ribeira dos Milagres", por Denisa Sousa.



publicado por projectcyrano às 14:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | adicionar aos favoritos

Um sorriso custa um conto II
A galinha Girafa

As outras galinhas chamavam-lhe Girafa por causa daquele seu hábito de esticar o pescoço.
Sentia-se pequena, e inconformada com a sorte de ser galinha e ter nascido para pôr ovos e procurar no chão o seu alimento.
Era uma galinha como as outras, mas tinha um sonho diferente: queria viajar. Queria ver o mundo, e até, se fosse possível, ir de avião...
- Mãe, as nuvens são iguais do lado de baixo e do lado de cima?
- O quê?!!
(...)
E lá ia a mãe a cacarejar zangada para o outro lado do galinheiro, talvez comentasse com o pai galo que aquela filha sonhadora lhe dava cabo da paciência, e depois dobrava uma pata, pendia a cabeça e deixava-se dormir...

Foi num desses finais de tarde que a galinha Girafa, encontrando ainda aberta a porta do galinheiro, se fez à vida.

(...)A custo e devagar, para que ninguém a visse, escondeu-se debaixo de um dos bancos do automóvel.
E lá foi ela para Lisboa. Para o jardim zoológico.
E foi assim que conheceu uma girafa verdadeira. (...)
- Ó bicho pequeno e com penas que estás aí em baixo a olhar cá para cima, que é que queres?
- Quero ver-te... - respondeu timidamente a galinha...
- Ah! Ok... sou bonita, é isso? - resmungou a girafa.
- Muito! - disse a galinha - Olha lá, achas que podias deixar-me andar às tuas cavalitas um bocadinho?
- Hum...
Excerto por Dulce Lopes.


publicado por projectcyrano às 14:32
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

02/04/2012
Um sorriso custa um conto

 

 Excerto de um conto de Dulce Lopes. Se gosta do estilo fresco, irreverente, com um sentido de humor que quebra regras, ela pode escrever um conto só para si. Ouse.

 

A mancha de tinta que queria ir ao casamento do Zé

A mancha de tinta (azulinha, bonita!) tinha acabado de chegar às calças de cerimónia de D. Zulmira, que era pintora de renome. Nesse dia, desastrada, dera por concluída uma obra de arte e tirara a bata. Estava quase pronta para o casamento do seu Zé, o filho mais velho. Que emoção! Limpou uma lágrima e, com o cotovelo, deitou abaixo a paleta com que tinha estado a pintar. A manchinha de tinta - zás - embora para as calças, embora para o casamento do Zé, que também sou gente!

Infelizmente a D. Zulmira não tinha a mesma opinião. Deitou as mãos à cabeça:
- Ai a minha vida! E agora? Uma ocasião destas! (...) foi a correr à lavandaria, a pedir por tudo à funcionária, pela sua rica saudinha, que é hoje o casamento do meu filho, veja se me tem as calças prontas daqui a uma hora!
A menina mancha de tinta pensou de si para consigo: "Essa agora!, eu, uma mui nobre mancha de tinta azul a que muitos críticos haviam de tecer rasgados elogios se vissem num quadro da D. Zulmira, havia de valer menos numas calças de cerimónia da mesma D. Zulmira?! (...) e sussurrou-lhe em esperanto, que é uma língua universal que toda a gente percebe menos eu, tu e a D. Zulmira:
- É que nem te atrevas a fazer-me mal, ouviste? Se me tiras deste tecido, instalo-me no teu nariz, que não hás-de poder lavar a seco!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 



publicado por projectcyrano às 14:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | adicionar aos favoritos

20/03/2012
Promoção Dia da Mãe

Enquanto trabalhamos em biografias, paginação de blogs e pequenas histórias de vida, abrimos a agenda para celebrar o amor que dá vida, com uma promoção para o Dia da Mãe, com um livro de 40 páginas, com fotos e frases personalizadas. Peça preços para o nosso email projectcyrano@gmail.com e não se esqueça que pode incluir neste livro o que quiser, pois as nossas opções são muitas e ao sabor dos sonhos, da irreverência e da imaginação. Pode acrescentar à promoção uma capa com um cartoon, uma tira de banda desenhada exclusiva feita pelo ALF, uma ilustração da nossa Rita Correia, ilustradora de renome, ou colocar apenas a sua fotografia predilecta da sua mãe. Se não estiver interessado/a nesta promoção específica, pense a prazo nas datas que se seguem e peça um orçamento com antecedência para aniversários, Natal, celebração de datas importantes. Escrevemos tudo e sobre o que quiser, desde histórias pessoais a histórias de empresas. Consulte os nossos serviços na barra direita do blog.



publicado por projectcyrano às 12:37
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

29/02/2012
Ano novo, novas surpresas

O Projecto Cyrano tem um novo serviço para si. Além dos contos infantis feitos exclusivamente para o seu filho, inspirados nos seus gostos e aventuras e com ilustração única na capa, bem como contos para adultos, biografias, homenagens, histórias de amor, histórias de instituições e tudo o que implique recolha de dados e escrita em qualquer estilo, também já pode pedir a sua história de vida em Banda Desenhada ou ilustrada com Cartoons, pelas mãos do nosso mais recente parceiro, ALF. Ou pode fazer um brincadeira para um amigo no seu dia de anos, a preto e branco ou a cores, com muitos desenhos ou poucos. A imaginação não tem limites. Nem a sua, nem a nossa. Peça preços e peça-os com antecedência. Clorofila, By ALF

 

 

 

 

 

 

Ilustrações a cores: Clorofila, By ALF                                                                                                         

Ilustração a preto e branco:  trabalho Al e Cia, By ALF (elaborado para o site www.mktonline.net)



publicado por projectcyrano às 14:29
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

31/01/2012
Mais um projecto concluído

Conto para um pai                           Que fica no nosso coração. No do Projecto Cyrano e no da Rita Correia (www.ritacorreia.com)



publicado por projectcyrano às 13:32
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

20/01/2012
Mais uma belíssima ilustração

 

da Rita Correia (www.ritacorreia.com) a acompanhar a história do Projecto Cyrano para um menino extraordinário..



publicado por projectcyrano às 10:57
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

18/01/2012
Entrevista

É a única que nos falta linkar. Leia aqui: 

 

http://www.uminho.pt/Newsletters/HTMLExt/20/website/conteudo_150.html

 



publicado por projectcyrano às 13:26
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

17/01/2012
Promoção

Dia dos Namorados. Especial como só o amor consegue ser. Mas desta vez único, emocionante e original. O mundo pode estar em ruína mas que nunca decaiam os sentimentos. Peça os seus preços o quanto antes. O nosso email é o projectcyrano@gmail.com



publicado por projectcyrano às 15:59
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

A marca Projecto Cyrano está registada no INPI desde Dezembro de 2010.
os nossos livros

O Casamento do Drgão

Um conto medieval para dois irmãos


Amor em Africa

Um amor para sempre


João e Benjamim

Conto para um avô


Blog em livro

Mais um blog


Para ti, João Pedro

Prenda para um filho


Um sonho para mim

Vida e amor


Povo pequenino

Outro conto infantil


O primeiro conto

O primeiro conto escrito pelo Projecto Cyrano


Um blog de amor

Blog em livro


Em nome do amor

Trinta páginas mais dez de fotos