escrevemos o que nos pedir

Biografias, homenagens, livros, mini- histórias de amor, poemas, contos infantis exclusivos e personalizados, contos para adultos, tudo o que sonhar. Também fazemos revisão de textos e trabalhos.

Conheça os serviços que temos para si.

reportagens

Antena 1

RTP1

Terras do Homem

Diário do Minho






arquivos

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

pesquisar
 
subscrever feeds





advertência

O conteúdo deste blogue não pode ser reproduzido, total ou parcialmente, nem as ideias nele contidas, conforme explícito na lei, incorrendo o prevaricador num ilícito penal grave.

29/04/2011
O que é isto?
que cai do céu como luz? Espadas sobre a nossa cabeça? Flechas de S. Pedro? Será amor? Será coisa pior? Chove electricidade. Chove fogo. São chispas vivas dos olhos da Mãe- Natureza.


publicado por projectcyrano às 15:41
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

28/04/2011
A nossa intuição
é como um malmequer. Permite-nos saber se aquela pessoa que nos olha, sorridente, representa um mal-me-quer ou um bem-me-quer. Assim que o descubramos, pousamos a flor num cemitério de ilusões, deixando no chão as pétalas caídas e façamos, passo a passo, trilhos para outras veredas da vida. Cada pétala de um mal-me-quer consegue estragar um malmequer inteiro.


publicado por projectcyrano às 14:31
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

27/04/2011
Músicas
que arrebatam, repicam, resplandecem, ressoam e por cá ficam


publicado por projectcyrano às 15:52
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Dizem os entendidos
do mundo espiritual que se repetirmos até à exaustão que somos felizes, a nossa mente acaba por convencer-se disso. Porque a felicidade não é algo que se procure no exterior, mas sim um estado que vem de dentro, como uma energia boa que a todos contagia. Quer-me parecer que andamos todos esquecidos de como apelar à nossa felicidade. Mesmo que ela assuma, em cada um, diferentes rostos: coragem, esperança, força, encantamento. Três vezes por dia, todos os dias da nossa vida, repitamos a nós mesmos que somos felizes e fortes. E acreditemos que o nosso bem- estar é algo que só depende de nós e não nos pode ser facultado por qualquer factor externo. Nem o dinheiro, nem a fama, nem a beleza, a inteligência ou o talento. Se é este o resultado de termos andado a ler livros de qualidade duvidosa, pois então, experimentemos. Já todos ouvimos falar que as mentiras repetidas muitas vezes se tornam factos. E esta é uma daquelas às-vezes-mentira-às-vezes- verdade que queremos muito ver resultar. De dentro para fora, expirar e inspirar, repetir: Sou feliz. Sou muito feliz. Sou especial e feliz. Sou forte, especial e feliz. Daqui a um ano, falamos de novo sobre o assunto.

Ilustração de Emerson Fialho (Brasil)



Apesar da aparente leviandade da abordagem, estamos meio a sério, meio a brincar. Às vezes a solução está nas coisas mais simples. Estará?


publicado por projectcyrano às 13:33
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

26/04/2011
Se abrir esta
porta, não nos conte. É perfeita demais para ser partilhada, feita de madrugadas e banhos de luz.


publicado por projectcyrano às 17:49
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Mãe é mãe
Para sempre (clicar aqui)
Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.

Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.

Carlos Drummond de Andrade


publicado por projectcyrano às 12:34
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

20/04/2011
Há um mundo
Clicar na foto
por aí. Há um mundo por aí, onde as pessoas são imperfeitas. E boas. Boas pessoas, com defeitos.


publicado por projectcyrano às 14:38
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

19/04/2011
As rosas
Sem cor e sem perfume (clicar aqui)


publicado por projectcyrano às 13:45
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Há um cansaço na gente
Estou cansado, é claro,
Porque, a certa altura, a gente tem que estar cansado.
De que estou cansado, não sei:
De nada me serviria sabê-lo,
Pois o cansaço fica na mesma.
A ferida dói como dói
E não em função da causa que a produziu.
Sim, estou cansado,
E um pouco sorridente
De o cansaço ser só isto —
Uma vontade de sono no corpo,
Um desejo de não pensar na alma,
E por cima de tudo uma transparência lúcida
Do entendimento retrospectivo...
E a luxúria única de não ter já esperanças?
Sou inteligente; eis tudo.
Tenho visto muito e entendido muito o que tenho visto,
E há um certo prazer até no cansaço que isto nos dá,
Que afinal a cabeça sempre serve para qualquer coisa.

Álvaro de Campos, in "Poemas"
Heterónimo de Fernando Pessoa


publicado por projectcyrano às 13:39
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

O tempo
perguntou ao tempo...


publicado por projectcyrano às 13:11
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

A marca Projecto Cyrano está registada no INPI desde Dezembro de 2010.
os nossos livros

O Casamento do Drgão

Um conto medieval para dois irmãos


Amor em Africa

Um amor para sempre


João e Benjamim

Conto para um avô


Blog em livro

Mais um blog


Para ti, João Pedro

Prenda para um filho


Um sonho para mim

Vida e amor


Povo pequenino

Outro conto infantil


O primeiro conto

O primeiro conto escrito pelo Projecto Cyrano


Um blog de amor

Blog em livro


Em nome do amor

Trinta páginas mais dez de fotos